Anexo VI – LOGÍSTICA EMPRESARIAL

O Projeto de duplicação da BR040 no trecho de Sete Lagoas a Curvelo, por se tratar de uma obra de Infraestrutura viária conta com uma logística estritamente rodoviária, ou seja, 100% de toda distribuição, movimentação e abastecimento da obra é suportado pelo “modal rodoviário”.

Podemos observar que na logística da obra somente é utilizado o modal rodoviário por ser o único capaz de proporcionar uma movimentação eficiente com custo mais em conta, haja vista que os outros modais como, Ferroviário, Marítimo, Aéreo, Dutoviário e Aquaviário não contemplam a região de execução da rodovia e por isso não seria possível utilizá-los de maneira satisfatória, proporcionado menor custo ou agilidade para a mesma.

 Neste tipo de projeto são utilizados muitos meios para se transportar as matérias primas, máquinas e insumos, todos através do modal rodoviário, exemplo:

 Matérias Primas como, brita, argila, pó de pedra, cimento, ferragens, terra, componentes asfálticos e etc, são utilizados caminhões “toco”, de pequeno porte que possibilitem as manobras em locais apertados onde não é possível a manobras de grandes carretas.

 Máquinas e equipamentos são sempre transportados através de “caminhões pranchas, muncks ou guindastes”, que garantam a segurança do transportes desses maquinários de um lugar ao outro da obra, considerando que muitos não podem transitar pela rodovia em virtude da legislação de transito brasileira, do seu porte (tamanho), e do risco que oferecem aos usuários por serem muitas vezes mais lentas do que os carros e caminhões e também não foram projetadas para transitar pela pista por longas distâncias.

Já os materiais de acabamento como de sinalização vertical e horizontal que são adquiridos para o projeto, as “Transportadoras” contratadas são responsáveis pelo transporte dos materiais até o local da obra, onde serão posteriormente distribuídos na rodovia de acordo com o projeto de segurança viária.

 A utilização da TI na área de logística neste Projeto é verificada quando observamos os custos com logística para a mesma, segundo informações no site do DNIT, todos os custos de máquinas, caminhões, pranchas, etc, são feitos através do sistema Sicro2, um sistema informatizado que apresenta o resultado dos estudos desenvolvidos na revisão, atualização e complementação dos Manuais de Custos Rodoviários, editado em 1972 e 1980, e a adequação do sistema informatizado SICRO ao novo manual. Nele estão incorporados os estudos desenvolvidos e as contribuições recebidas pela então Gerência de Custos Rodoviários, após a realização de seminários na sede do órgão em Brasília, com as demais equipes do Departamento e a comunidade rodoviária em geral. No cálculo dos custos, levaram-se em consideração as novas tecnologias e os atuais métodos construtivos rodoviários, entretanto, faz-se necessário ressalvar que essa atualização deverá constituir-se dinâmica, tendo em vista o contínuo desenvolvimento da tecnologia e da economia do país.

 O SICRO tem por finalidade estimar o custo da execução de serviços de construção, conservação e sinalização rodoviários em diversas unidades da federação. Os serviços rodoviários são descritos no sistema pelos quantitativos necessários de equipamentos, materiais e mão-de-obra para a execução de uma unidade de produção do serviço e mensalmente são pesquisados os preços desses insumos para apurar o custo dos serviços.

 O SICRO, além de fornecer informações detalhadas sobre serviços rodoviários, permite a análise de orçamentos para projetos rodoviários definidos pelos usuários.

 Objetivo do SICRO2

 O SICRO tem como principal objetivo estimar custos para as principais atividades e serviços de referência. Como produtor de valores de referência, as informações armazenadas em seu banco de dados são, particularmente, úteis para a elaboração de orçamentos para projetos rodoviários ou para análise de preços de serviços rodoviários.

Para realizar seu objetivo principal, o SICRO2 mantém um catálogo de informações sobre os equipamentos, os materiais e a mão-de-obra utilizados em serviços rodoviários e afins. Estas informações são continuamente atualizadas e coladas disponíveis aos usuários do sistema, através de consultas e de relatórios.

 Também é mantido pelo SICRO2 e oferecido aos usuários, o cadastro de estabelecimentos que participam da pesquisa de preços do sistema, detalhando sua localização e formas de contato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s